Pedro Lopes 
piano

Licenciado pela Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo do Porto, na classe de Pedro Burmester, Pedro Lopes frequentou o Mestrado em Piano - Música de Câmara sob a orientação de Peter Orth e do Quarteto Auryn na Hochschule für Musik Detmold - Alemanha. Tem ganho vários prémios em Concursos Nacionais. Em 2013 ganhou o Prémio de Melhor Pianista Acompanhador do 7o Concurso de Canto da Fundação Rotária Portuguesa, bem como o Prémio Helena Sá e Costa, edição especial comemorativa dos 100 anos do nascimento da artista. Foi vencedor do Concurso Auryn nas edições de 2017 e 2018, na categoria de Música de Câmara com piano.

Foram vários os músicos que influenciaram fortemente a sua formação, sendo alguns deles: Fausto Neves, Luiz de Moura Castro, Joop Celis, Miguel Borges Coelho, Tatjana Masurenko, Sven Arn Tepl, Thomas Christian, António Saiote, entre

outros.Para além da actividade como pianista também estudou canto, com Dora Rodrigues.

Integrou o Coro Casa da Música e o Grupo Vocal Cupertinos (o último com direcção musical de Luís Toscano), tendo já sido dirigido por maestros como Paul Hillier, James Wood, Laurence Cummings, Gregory Rose, Baldur Brönniman, Olari Elts, Kaspars Putnins, Christoph König, Peter Rundel, entre outros.

Em 2019 foi, com o Ensemble Cupertinos,galardoado com o Prémio Gramophone na categoria de Música Antiga com o álbum “Cardoso – Requiem, Lamentations, Magnificat & Motets”, lançado pela discográfica Hyperion como o primeiro de uma série de 3 discos dedicados a compositores portugueses da Renascença. Foi também, com o mesmo grupo, nomeado na Categoria de Música Erudita na primeira edição dos Prémios RTP Play (2020).

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle