Tamsin Waley-Cohen

violino

The most exceptionally gifted young violinist I have ever encountered

Ruggiero Ricci, Violinist

superlative performances of Vaughan Williams' The Lark Ascending ... Highly recommended

Northern Echo Nov '14

Natural de Londres (Inglaterra), Tamsin Waley-Cohen é descrita pelo jornal The Guardian como uma intérprete de "intensidade destemida” e é considerada como uma das jovens violinistas britânicas mais intuitivas e versáteis da sua geração. 

Além de concertos com a Royal Philharmonic Orchestra, London Philharmonic Orchestra, Hallé Orchestra, Liverpool Philharmonic Orchestra, Czech Philharmonic Orchestra, Yomiuri Nippon Symphony Orchestra, Royal Northern Sinfonia e orquestras da BBC, entre outras, Tamsin já foi duas vezes artista associada da Orchestra of the Swan, e trabalha com maestros como Andrew Litton, Vasily Petrenko, Ben Gernon, Ryan Bancroft e Tamás Vásáry.

Tamsin colabora em duo com os pianistas James Baillieu e Huw Watkins, com quem tem discos gravados. Depois de ter feito a estreia de Concertinode Watkins, em breve fará a estreia de uma nova obra do compositor para violino e piano no Wigmore Hall. Com a sua irmã, a compositora Freya Waley-Cohen, e os arquitetos Finbarr O´Dempsey e Andrew Skulina, ela ocupou uma residência Open Spaceem Aldeburgh, culminando na estreiade “Permutations” no Aldeburgh Festival em 2017. 

É membro fundador do Quarteto Albion, com quem toca regularmente em salas como o Wigmore Hall, Aldeburgh Festival e o Concertgebouw de Amsterdão. A sua paixão pela música de câmara levou-a a fundar o Festival Honeymead, em que todo o lucro é destinado a apoiar instituições de caridade locais.

Tamsin grava para a etiqueta Signum Records e os seu discos recebem as melhores críticas em publicações de referência como The StradThe Guardian, The Financial Times, The Gramophone, entre outros. 

Em 2016/17 Tamsin foi ECHO Rising Star, tendo tocado em todas as principais salas de concerto europeias e estreado “Reflection”de Oliver Knussen, obra dedicada a ela e a Huw Watkins. Na temporada 2018/19 realizou concertos no Japão e na China e estreou-se em Nova Yorque.

Tamsin Waley-Cohen é directora artística do Festival Two Moors e foi directora artística da série musical no Tricyle Theatre, em Londres, e no Festival Bargello, em Florença. Estudou no Royal College of Music com os professores Itzhak Rashkovsky, Ruggiero Ricci e András Keller.

  • world-wide-web-visit-512
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
ARTWAY LDA © 2011-2020  TODOS OS DIREITOS RESERVADOS   |   ARTWAY - Culture & Arts | Rua Ribeiro de Sousa, 401, 4250-408 Porto - PORTUGAL | NIF - 510004989 | geral@artway.pt
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
QUER MANTER-SE ACTUALIZADO?
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER!